Notify Message
Forums
Page 1
Search
#4176962 Apr 04, 2011 at 09:37 PM · Edited over 6 years ago
Herói iniciado
10 Posts
"A Morte é apenas uma passagem de um mundo ao outro... Não se preocupe quando a sua acontecer.!!"



História: William Zahel, foi em algumas décadas um renomado pesquisador egípcio. Viveu a maior parte de sua vida voltada aos estudos, particularmente os estudos egípcios. Sua profissão, nada mais estudava que os costumes, a tradição, a religião, enfim, a vida dos antigos e dos atuais egípcios à uma comparação. Um trabalho de cara meio chato... ou nem tanto.

William, era cotado para diversas escavações, pesquisas subterrâneas, e outros tipos de buscas de artefatos. Havia um artefato no entanto, que "botava" medo em todos, até mesmo em arqueólogos. A famosa
pena da verdade, antigo artefato usado por Anúbis, deus dos funerais em seu ritual das almas. Há algumas décadas, era passado de pessoa a pessoa sua localização, que ficava em uma caverna, a uns 2km do local aonde estava instalada a base de William. Porém, ninguém iria lá, com receio também das maldições aplicadas. Ninguém até aquele momento.

Querendo vencer na vida, e se mostrar ao mundo todo, William tentou reunir o maior grupo de pessoas para investigar a caverna... e tudo o que conseguiu foram além dele mais duas pessoas: seu amigo Miguel e a namorada de Miguel, Samantha. Numa tarde de Domingo então, partiram ao local. Ninguém dali acreditava que iriam voltar com vida, era impressindível que não morressem em armadilhas, maldições, monstros e tudo mais que pudessem aparecer. Ao entrar, logo na entrada havia três portas, e no centro uma caveira. Ao chão, havia hieróglifos, que ao serem traduzidos, levava a um desafio: eles deveriam escolher entre a fama, o amor e o dinheiro, deveriam ser honestos ou poderiam morrer ali mesmo. Cada um seguiu um caminho, William foi para a fama, Miguel para o dinheiro e Samantha para o amor, bem clichê mas a pura verdade.

Por incrível que pareça, não havia nada nas portas, apenas um longo caminho reto, com outros artefatos egípcios, ouro, estátuas e outros mais... no momento, nada importante perante a pena da verdade. Porém, o que não haviam pensado, é que ao entrarem nas portas, apenas um deles encontraria a pena da verdade primeiramente. William então, andou até o fim do local e encontrou um baú, trancado com uma chave, posta ao lado direito do mesmo. Estava todo empoeirado, até duro de ser retirado. Ele então pegou a chave, colocou-a lentamente na fechadura e parou, pensou, pensou novamente por um tmepo com medo do que pudera encontrar e com apenas um giro rápido abriu o baú. No local, um brilho forte, muito forte de luz cubriu o local aonde ele estava. A pena da verdade, levitou sozinha e se integrou misteriosamente ao corpo de William, como se uma parte de Anúbis hospedasse seu corpo. Assim aconteceu com Samantha, tendo parte de Apófis, a serpente do caos e com Miguel, tendo parte de Seth, deus da violência. No momento, eles não pensaram em nada, apenas correram muito rápido para a saída com medo do que pudesse acontecer, e nem a mínima deram para o que acontecera no momento.

Passando-se então dias tristes e sólidos, os três se reuniram e acabaram com a expedição arqueológica, seguindo cada um seu caminho... Sem o que fazer, Miguel e Samantha tomaram o destino para o Canadá, aonde tinham uma casa e William foi para Millennium City, uma metrópole mundial. Passaram-se tempos e aos poucos, poderes de magia necromântica foram se desenvolvendo no homem, que agora aparentava estar mais maduro e com uma aparência gloriosa. Aquilo, era muito estranho, porém, já havia sido feito e ele deveria utilizar tais poderes para o bem. William então, primeiramente tomou o nome de Tutankamon, antigo rei-faraó egípcio, pois pensara ser um desacato ao grande deus chacal usar seu nome.

Em seguida, utilizou-se de uma máscara de chacal e se juntou a um grupo de heróis, também diferentes nomeados como "A Última Liga", afim de salvar o mundo de perigos sobrenaturais e bizarros. Tutankamon também queria, porém, em secreto, reencontrar seus amigos e ver o que os artefatos desconhecidos proporcionaram a eles.


Poderes: Tutankamon, tem poderes mágicos, voltados a área necromântica e negra, com invocações demoniacas e ataques de energia negativa... porém, isso não o torna Tutankamon um homem mal. A origem de seus poderes, deriva-se de um antigo artefato egípcio, a pena da verdade, que por algum motivo desconhecido, integrou-se a seu corpo, lhe dando parte de Anúbis, o que desencadeou série de mudanças, tanto físicas, quanto biológicas em seu corpo.

Nemesis: Iskandar... um antigo Sacerdote-leitor Chefe, do Conselho de Magos egípcios... um grande sábio. Porém, esse não é o rival de Tutankamon, e sim o nome adotado pelo mesmo. Por incrível que possa ser, desconhecidamente, o inimigo de Tutankamon é seu grande amigo Miguel, que ao ser dotado da força e crueldade de Seth, assumiu com o nome de Iskandar em respeito também aos deuses. Iskandar após o incidente, e do cancelamento da expedição se mudou para o Canadá e viveu por 2 anos, quando se separou de Samantha e foi para Millennium City. Em Millennium, seu corpo foi mudando, com toda a radiação, poluição e tudo mais, tornando-o muito rápido e muito forte. Esse sentimento de ser superior a muitos, desencadeou a transformação da "Orelha da Seth", o que lhe deu uma crueldade e insanidade imensa. Com toda essa violência em si, Iskandar perdeu o controle dele mesmo, e passou, não com a força e sim com armas a querer a destruição, as mortes, cada vez mais violência, apenas por querer e querer ver o sangue jorrar. Ou seja, o principal objetivo de Iskandar, é o puro caos.
+0
#4186751 Apr 07, 2011 at 10:24 AM · Edited over 6 years ago
Líder interino
52 Posts
Poxa Tuta!

Muito boa sua história mano! Realmente se superou....

espero q o resto da galera siga seu exemplo e compartilhem conosco as origens de seus personagens

+0
#4208785 Apr 12, 2011 at 01:09 AM
Herói experi...
19 Posts
Tutankamon

Show de Bola
+0
Page 1